Visitantes

sábado, 19 de maio de 2018

Trabalho sobre Lendas Urbanas - EMEF Estação Jaraguá



Trabalho sobre Lendas Urbanas

DATA DE ENTREGA:  25/05/2018

1. Escolha uma lenda:
Há várias lendas urbanas, escolha aquela que há mais informações e com a qual você, depois, possa escrever uma história inspirada nela. Mas atenção não é para escrever a história agora, é só para escolher a lenda e coletar os dados.

2. Faça uma capa, conforme modelo






Quando digitado:

• Em folha de sulfite;
• Letra tipo: Arial, Thaloma ou Times Roman;
• Letra tamanho: 12
• Espaçamento: 1,5
•Margens: esquerda - 3 cm, direita - 2 cm, superior - 3 cm e inferior - 2 cm


Quando Manuscrito: (escrito a mão)

• Em folha de almaço; (quem não se lembra como é, peça na papelaria que eles sabem como é)
• Respeitar as margens;
Ou
Em folha de sulfite, só capa.




3. Antes da pesquisa: o básico

ü  No trabalho você deve escrever a pergunta e em seguida a resposta, NÃO É PARA ESCREVER SOMENTE AS RESPOSTAS, NÃO É PARA ESCREVER  PRIMEIRO TODAS  AS PERGUNTAS E DEPOIS TODAS AS RESPOSTAS;

ü  Não escreva um texto contendo as informações pedida, responda as questões;

ü  O trabalho pode ser digitado ou escrito com caneta azul ou preta, NUNCA ESCREVA O TRABALHO A LÁPIS, nem mesmo a capa;

ü  Responda o trabalho as perguntas de forma completa, não responder em forma de tópicos. Você pesquisou e escreva no mínimo um parágrafo com as informações da pesquisa para cada questão;

ü  Nenhuma das questões é sobre o que você acha, o trabalho é uma pesquisa, você deve responder de acordo com o que você pesquisou; 

ü   Nunca faça o trabalho com só uma fonte de pesquisa, busque pesquisar em no mínimo três fontes diferentes. (pode ser 3 sites, diferentes, pode ser sites e livros), mas nunca uma única fonte.

4. pesquisa sobre a lenda

a) Qual é a lenda?
b) Qual é o lugar de origem da lenda? (cidade, estado, país, continente etc.)
c) Descreva a lenda:
d) Quais são as referências bibliográficas de sua pesquisa, ou seja, de onde foram retiradas as informações ?
Veja os exemplos a seguir para fazer de forma correta:

1º Exemplo: Quando você pesquisar em um site e não há o nome do autor do texto que você pesquisou:  



2º Exemplo: Livros, Dicionário, Revista etc.  

RUIZ, João Álvaro. Metodologia Científica: guia para eficiência nos estudos. 3 ed. São Paulo: Atlas, 1991.   
Na bibliografia de sites deve constar o nome do autor, quando houver, o título da matéria, endereço do site e data de acesso.  


5. Produção de sua história:

Você deve escrever uma história, não é para copiar uma história de outro lugar, ou de alguém. Você será o autor desta história. Em sua pesquisa, parte 4 do seu trabalho, você fará a descrição da lenda, como ela acontece, agora você deve criar uma história em que a lenda que você pesquisou apareça.

A história precisa ter no mínimo 30 linhas e no máximo 90 linhas.

Já estudamos no 1º bimestre narrativas, então você já sabe que toda narrativa deve ter começo, meio e fim, uma narrativa bem escrita e desenvolvida tem:

(    ) Título: se possível seja criativo em seu título;
(    ) Apresentação/ Situação inicial: Momento em que o leitor se situa, é a parte do texto em que são apresentados alguns personagens e expostas algumas circunstâncias da história, como o momento e o lugar em que a ação se desenvolverá. Cria-se um cenário e uma marcação de tempo para os personagens iniciarem suas ações
(    ) Conflito: surge o problema a complicação, começam a ocorrer os acontecimentos, as ações, que conduzem a narrativa a um ponto máximo de tensão;
(    ) Clímax: é o ponto em que a ação atinge seu momento crítico, momento de maior tensão, tornando o desfecho inevitável.
(    ) Desfecho: é a solução do conflito produzido pelas ações dos personagens.
(    )  Personagens: os seres que participam da história;
(    ) Espaço/Cenário: local ou locais onde acontece a história.
(    ) Tempo: Quando acontece, ele não precisar ser preciso, ter uma data por exemplo, mas marcas como: “Há muito tempo atrás”, “No verão”, “ Era uma noite chuva de dezembro” etc.
(    ) Narrador:  em 1ª pessoa, quando o narrador é um dos personagens da história, ou em 3ª pessoa quando o narrador não é um personagem.
(    ) Fala dos personagens, marcada pelo uso do travessão.

Outras informações:  
  • Blog da professora: http://lpprofessoraeliane.blogspot.com.br/




Um comentário: