terça-feira, 16 de junho de 2009

Estrutura de uma crônica

Estrutura de uma crônica

A Crônica é o único gênero literário produzido essencialmente para ser veiculado na imprensa, seja nas páginas de uma revista, seja nas de um jornal. Quer dizer, ela é feita com uma finalidade utilitária e pré-determinada: agradar aos leitores dentro de um espaço sempre igual e com a mesma localização, criando-se assim, no transcurso dos dias ou das semanas, uma familiaridade entre o escritor e aqueles que o leem.

Características

A crônica é, primordialmente, um texto escrito para ser publicado no jornal. Assim o facto de ser publicada no jornal já lhe determina vida curta, pois à crônica de hoje seguem-se muitas outras nas próximas edições. Há semelhanças entre a crônica e o texto exclusivamente informativo. Assim como o repórter, o cronista se inspira nos acontecimentos diários, que constituem a base da crônica. Entretanto, há elementos que distinguem um texto do outro.
Após cercar-se desses acontecimentos diários, o cronista dá-lhes um toque próprio, incluindo em seu texto elementos como ficção, fantasia e criticismo, elementos que o texto essencialmente informativo não contém. Com base nisso, pode-se dizer que a crônica situa-se entre o Jornalismo e a Literatura, e o cronista pode ser considerado o poeta dos acontecimentos do dia-a-dia. A crônica, na maioria dos casos, é um texto curto e narrado em primeira pessoa, ou seja, o próprio escritor está “dialogando” com o leitor. Isso faz com que a crônica apresente uma visão totalmente pessoal de um determinado assunto: a visão do cronista.

Ao desenvolver seu estilo e ao selecionar as palavras que utiliza em seu texto, o cronista está transmitindo ao leitor a sua visão de mundo. Ele está, na verdade, expondo a sua forma pessoal de compreender os acontecimentos que o cercam. Geralmente, as crônicas apresentam linguagem simples, espontânea, situada entre a linguagem oral e a literária. Isso contribui também para que o leitor se identifique com o cronista, que acaba se tornando o porta-voz daquele que lê.

25 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. Comentário de quem não gosta de ler... rsrsrsrsrsrsrs...
    Tá ótimo, um resumo do gênero de forma simples e com linguagem que possa ser entendida por todos.

    ResponderExcluir
  4. Ta otimo ! Esse povo que diz ta grande são idiotas, tem q ta grande pra vc entender e fazer seu proprio resumo, que aprender como ? -'

    ResponderExcluir
  5. Achei um pouco pequeno e tinha que ter uns topicos para auxiliar interessado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcilia Gabriela Cacrudes7 de agosto de 2013 13:01

      Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  6. Muito bom, me ajudou para aplicar em meu trabalho sobre o papel social da crônica.

    ResponderExcluir
  7. Ótimo, gostei muito, me ajudou na hora de produzir a minha crônica :D

    ResponderExcluir
  8. Ajudou muito! Visto que a crônica reflete uma visão do autor, creio que ela não possui uma estrutura comum, ou própria da crônica. Entretanto, não temos na crônica a liberdade de escrever em versos, como numa poesia, deve-se escrever como em prosa de modo que o leitor entenda sobre o que se fala, estruturando o texto nos limites expressos pela editora/jornal/revista. Estou correto?

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Parabens perfeito ! ♥

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. gostei dessa pagina e me ajudou muito no meu trabalho.

    ResponderExcluir
  13. Remove todos os comentários críticos...

    ResponderExcluir
  14. vlw ai mano + amor - recalque ueauaueuehauehuaehaeaeuaheuhe . zoas- .

    ResponderExcluir
  15. Ta bem legal, mas em tópicos seria melhor para entender.#FICADICAbjs :)

    ResponderExcluir